Anabolizantes e seus Usos

relogio 19/08/2015 - 13:07 Notícias

Há muito tempo a SBEM procura dar esclarecimentos à população e à classe médica sobre o uso dos anabolizantes. Preocupada com o aumento de novas informações e, consequentemente, das dúvidas, a SBEM vem realizando diversas ações para o entendimento sobre os perigos, cuidados e condutas necessárias quanto ao uso dos anabolizantes.

Reportagens no site da SBEM, avisos nas redes sociais da entidade, informes nos veículos voltados aos associados, entrevistas com temas levantados na imprensa e atividades científicas, voltadas aos especialistas e profissionais, têm sido feitas frequentemente.

Entretanto o assunto volta a toda hora e com informações que confundem a população, que precisa entender os riscos ao usar de forma inadequada e com orientações de profissionais não capacitados para adotar as melhores condutas.

O presidente da SBEM Nacional, Dr. Alexandre Hohl, lembra que é o endocrinologista o profissional que pode entender e orientar os pacientes quanto à falta de testosterona no corpo humano e adotar uma conduta que traga benefícios ao organismo.

Para elucidar ainda mais a questão, a SBEM abre um canal direto com o público em sua Fanpage para que receber as dúvidas sobre o tema. As perguntas serão reunidas e respondidas em uma entrevista em áudio com o Dr. Alexandre Hohl. O presidente da SBEM Nacional, que vem acompanhando de perto o tema há muitos anos, poderá esclarecer diversos pontos.

Leia também:

- 10 Coisas que Você Precisa Saber sobre Anabolizantes

- Desde 1996, o uso juvenil aumentou 39% entre os estudantes do nível fundamental; 67% entre estudantes do ensino médio; e 84% entre os estudantes do último ano do ensino médio.

- Uma recente inspeção mostrou que 1 em cada 16 estudantes já usou anabolizantes esteroides. O uso está aumentando tanto entre as moças como entre os rapazes.

- Um estudo de 2007 traçou o perfil do usuário de anabolizantes no mundo. 

- No Brasil, não se tem estimativa deste uso ilícito, mas sabe-se que o consumidor preferencial está entre 18 a 34 anos e, em geral, é do sexo masculino

- Acredita-se também que os anabolizantes hormonais são a segunda droga de maior uso entre adolescentes de 12 a 17 anos

- Estima-se que no Brasil existem três milhões de praticantes de academia. Entre eles, de 8 a 55% fazem uso de anabolizantes e 8 a 70% de suplementos. 

 

cbaem 2019
Proendocrino set 2018