Banner Noticias

Desafio Saia do Sofá – Participe

por Jornalismo SBEM em 25 de agosto de 2021


Foram prorrogadas, até o dia 10 de outubro, as inscrições para o Desafio Saia do Sofá, uma corrida/caminhada virtual, que tem como objetivo principal promover qualidade de vida e incentivar as pessoas a mudarem a rotina e sair do sedentarismo. A ação é organizada pelo Instituto Correndo pelo Diabetes (CPD), com apoio da SBEM, através da Comissão de Endocrinologia do Exercício e Esporte, presidida pelo Dr. Clayton Macedo.

De acordo com o idealizador da atividade, Bruno Helman, o Desafio é voltado para todas as pessoas, sem ser atrelado a uma doença específica, como já acontece no tradicional Correndo pelo Diabetes. “O sedentarismo é um problema crescente no Brasil e no mundo e, com a pandemia, ficou ainda mais evidente a necessidade de estimular a população a se mexer”, comenta. “Com base no princípio da Organização Mundial da Saúde, que “qualquer movimento conta”, o CPD e a SBEM se juntam com o objetivo de que as pessoas dêem os primeiros passos para uma vida mais ativa e saudável”, afirma.

Por causa da pandemia de Covid-19, e obedecendo às recomendações de distanciamento social da Organização Mundial da Saúde, o evento será totalmente virtual. Ao realizar a inscrição, o atleta deverá optar por duas categorias: 150 minutos semanais ou acima de 150 minutos por semana.

Após o início do Desafio, marcado para 10 de setembro, o participante poderá correr ou caminhar em qualquer lugar do país, em qualquer horário, até completar o tempo da atividade física escolhida. Os resultados deverão ser enviados de forma online.

Mais informações sobre o evento e sobre como se inscrever podem ser obtidas no site: desafiosaiadosofa.com.br. 

Dados Brasileiros

Segundo dados do IBGE, 40,3% dos brasileiros com mais de 18 anos foram classificados como insuficientemente ativos, ou seja, não praticaram atividades físicas ou as praticaram menos do que 150 minutos por semana, considerando lazer, trabalho ou o simples deslocamento para o local de trabalho. O sedentarismo  é considerado um grande fator de risco para o desenvolvimento de diversas doenças como obesidade, diabetes tipo 2, aumento do colesterol e hipertensão.