Síndrome Pré-Menstrual (SPM)

relogio 30/07/2009 - 11:08

O Que É?

Conhecida comumente como tensão pré-menstrual (TPM), na verdade é uma síndrome porque engloba sintomas muito abrangentes, tanto psíquicos como físicos. Caracteristicamente, estão presentes de forma recorrente apenas na segunda metade do ciclo menstrual e se aliviam após a chegada da menstruação. São eles: depressão, confusão, irritabilidade, fadiga, dor nas mamas, distensão abdominal, dor de cabeça, inchaço, ganho de peso e acne discreta.

Algumas mulheres estão mais sujeitas a sofrer desse mal, entre elas, as que se enquadram em pelo menos um dos seguintes critérios: histórico familiar de SPM e/ou pessoal de depressão pós-parto, início dos sintomas durante a puberdade ou logo após a interrupção de um tratamento anticoncepcional hormonal.

Como Diagnosticar?

É importante caracterizar a ausência dos sintomas na fase folicular ou, no mínimo, do quinto ao décimo dia do ciclo. Os referidos sintomas aparecem em qualquer época após a ovulação, sendo os mais graves, nos seis dias que precedem a menstruação. Outra informação é que deve ter a presença de pelo menos cinco sintomas em dois ciclos consecutivos, não havendo necessidade de que o mesmo sintoma se repita. Geralmente há interferências no trabalho, nas atividades sociais habituais ou no relacionamento interpessoal.

Como É Feito o Tratamento?

Dura cerca de dois anos e varia conforme a sintomatologia descrita pela mulher. Em alguns casos, apenas mudanças no estilo de vida (redução do estresse e prática de exercícios) e na dieta (ingestão de vitaminas e sais minerais) podem fazer efeito. Quanto ao uso de medicamentos, aconselha-se os que provocam poucos efeitos colaterais, com menor dosagem e freqüência de administração. Só se considera que ele não está respondendo depois do seu uso por três ciclos consecutivos, na dose adequada e sob supervisão médica.

Na maioria das vezes, o tratamento é baseado em três elementos: alteração dos neurotransmissores no Sistema Nervoso Central, ovulação e análise sócio-pessoal. Na verdade, a terapia é voltada para a correção da possível causa do transtorno e dos sintomas predominantes. Outra estratégia é tornar o ciclo anovulatório (com níveis hormonais diariamente iguais), através de anticoncepcional oral. Além das medidas terapêuticas gerais, medicamentos direcionados para sintomas orgânicos podem ser utilizados em certos casos.

Medidas Preventivas

Algumas mudanças na alimentação e no estilo de vida podem ajudar a reduzir os sintomas mais suaves, além de beneficiar a saúde de um modo geral:

  • Reduzir o consumo de sal e cafeína;
  • Cortar o açúcar e gorduras;
  • Consumir regularmente alimentos ricos em carboidratos como pães e batatas;
  • Evitar cigarros e reduzir o consumo de bebidas alcóolicas;
  • Fazer exercícios com certa freqüência;
  • Se possível, reorganizar a carga de trabalho, para reduzir o estresse;
  • Agendar eventos importantes para os melhores períodos do ciclo menstrual;
  • Manter um sono regular e procurar ter sempre momentos de relaxamento.

Leia Mais: