#SBEMResponde

#SBEMResponde: Diabetes

Diariamente a SBEM Nacional recebe mensagens, solicitações pelas redes sociais e emails nos vários canais de comunicação com o público. As respostas são encaminhadas, mas algumas delas são feitas inúmeras vezes.

A SBEM separou as principais dúvidas recebidas para que os especialistas pudessem responder, de forma simples, a estes questionamentos.

O tema desta vez é diabetes. O objetivo é marcar a Campanha do Dia Mundial do Diabetes – 14 de novembro. A consultoria foi do Dr. Ricardo Meirelles, presidente da Comissão de Comunicação Social da SBEM.

Se comer muito doce fico diabético?

No caso do diabetes tipo 1, em que há comprometimento da produção de insulina por formação de anticorpos produzidos pelo próprio organismo contra as células do pâncreas, que produzem este hormônio, não há qualquer influência causal do consumo de açúcar. Já com relação ao diabetes tipo 2, em que predomina a resistência à ação da insulina, há alguns trabalhos que mostram uma associação, em diversos países, entre o consumo de refrigerantes adoçados com açúcar e a incidência de diabetes.

O que se pode afirmar é que o consumo excessivo de açúcar pode contribuir para o aumento de peso e, este sim, se associa ao maior risco de desenvolver diabetes. De qualquer forma, não é saudável o consumo exagerado de açúcar, tendo em vista que ele fornece apenas energia (calorias ditas vazias) e se associa, não só a obesidade, como também a cáries dentárias. Além disso, o açúcar é composto por sacarose, que se desdobra em glicose e frutose, sendo que esta última se associa à infiltração gordurosa do fígado (esteatose hepática).

 

+ Notícias

13/11Dia Mundial do Diabetes: Regionais Região Norte

Algumas Regionais da SBEM da Região Norte já realizaram ações ...

13/11Dia Mundial do Diabetes: Regionais Região Centro-Oeste

Para marcar o Dia Mundial do Diabetes, as Regionais da SBEM da ...

13/11Dia Mundial do Diabetes - Regionais Região Sul

Diversas atividades ao redor do Brasil estão sendo realizadas em prol ...