Reductil É Retirado do Mercado

relogio 26/11/2010 - 09:08

O laboratório Abbott, fabricante do medicamento Reductil (monoidrato de sibutramina) anunciou sua suspensão da produção e da venda no mercado brasileiro. O produto era um dos mais consumidos no Brasil para a perda de peso e um importante aliado no combate à obesidade.
 
De acordo com o laboratório, a decisão foi tomada após um estudo internacional demonstrar que seu uso aumenta o risco de problemas cardíacos em pessoas propensas. A decisão se restringe, até o momento, a Abbott e remédios que utilizam a substância sibutramina continuam liberados pela Anvisa, mas a venda deve feita de maneira restrita, com receita especial. Na Europa e nos EUA, a substância é proibida.
 
De acordo com o Dr. Ricardo Meirelles, presidente da SBEM, a sibutramina é um dos poucos medicamentos existentes no mercado para tratamento da obesidade que, quando respeitadas as contra-indicações, é muito útil. "No meu entender a posição da Abbott foi uma decisão corporativa internacional, uma vez que a comercialização do produto já havia sido suspensa na Europa", afirma.
 
Em setembro desde ano, a SBEM e a ABESO enviaram um comunicado à Anvisa reiterando sua posição contra as restrições na comercialização de sibutramina.
 
Leia Mais