Recife de Braços Abertos para o CBEM 2022

relogio 24/07/2018 - 15:03 Congressos da SBEM

A seguir vejam as informações enviadas pela Regional Pernambuco, apresentando a candidatura para ser a sede do Congresso Brasileiro de Endocrinologia e Metabologia 2022.

SBEM Pernambuco - Apresentação

Riqueza cultural, polo de tecnologia, gastronomia diversificada, capital das pontes e da poesia, rede hoteleira renovada e em crescimento, excelente logística aérea, referência em grandes eventos. Estes são apenas alguns dos atributos do Recife, que espera realizar o Congresso Brasileiro de Endocrinologia e Metabologia (CBEM) em 2022. A capital pernambucana foi inscrita pela regional da SBEM como uma das candidatas, apostando nesta diversificação para conquistar a indicação, mas, sobretudo, em argumento muito importante: a experiência em realizar eventos de grande êxito, considerando público, interesse, repercussão e resultado financeiro.

A SBEM-PE realiza há mais de duas décadas o EndoRecife, um dos mais antigos congressos regionais da especialidade. Neste período, graças ao Centro de Convenções do Pernambuco de fácil acesso e de baixo custo, com a rede hoteleira a pouco mais de 10 quilômetros de distância deste equipamento, realizou importantes congressos, que deixaram destacadas margens de lucro para as instituições promotoras, como a própria SBEM, Abeso, Felaem, entre outras.

Polo Médico de referência, o Recife se mostra em condições de realizar o CBEM em 2022. É, também, um destacado polo de tecnologia – grande desenvolvedor de softwares e importante gerador de empregos neste segmento -, polo gastronômico – com uma culinária variada da cozinha regional e, também, em doces típicos locais -, tem mais de 20 mil leitos, considerando a Região Metropolitana e diária média competitiva – R$ 286 em padrão três estrelas -, uma malha aérea privilegiada, ligando-se a todas as capitais do país em voos diretos ou, com algumas, em fácil conexão, e tem a alegria, a cultura e o acolhimento marcante do povo pernambucano.

“É um somatório de fatores que nos motivaram a lançar a candidatura do Recife e nos animam nesta caminhada. A experiência mostra que temos condições e estamos na luta. E não se pode deixar de citar a relevância da endocrinologia pernambucana, com grandes expoentes nacionais”, afirma o presidente da SBEM-PE, Dr. Fabio Moura, que está à frente da comissão científica, que conta com a sua atual diretoria e mais todos os ex-presidentes da regional, que integram o Conselho Consultivo.

cbaem 2019
Proendocrino set 2018