IBGE: Obesidade Mais que Dobra no País

relogio 21/10/2020 - 20:39 Notícias

Dados divulgados nesta quarta-feira, 21 de outubro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontam que a obesidade mais que dobrou no país na população com 20 anos ou mais em 2019, na comparação com 2013, quando havia sido feito o último levantamento.

Os dados são referentes à Pesquisa Nacional de Saúde 2019 e, segundo os números, o índice passou de 12,2% para 26,8%. No mesmo período, a obesidade entre as mulheres na mesma faixa etária passou de 14,5% para 30,2% e se manteve acima da masculina, que subiu de 9,6% para 22,8%.

No caso de excesso de peso, a proporção na população subiu de 43,3% para 61,7%. Entre os homens, foi de 43,3% para 60% e, entre as mulheres, de 43,2% para 63,3%.

Um Quarto da População Obesa em 2019

Os dados do IBGE mostram também que um quarto da população brasileira com 18 anos ou mais encerrou o ano passado com obesidade. O número equivale a 41 milhões de pessoas - 29,5% das mulheres e 21,8% dos homens.

Já o excesso de peso atingia 60,3% da população acima de 18 anos, o que corresponde a 96 milhões de pessoas, sendo 62,6% das mulheres e 57,5% dos homens.

De acordo com a pesquisa, excesso de peso também ocorria em 19,4% dos adolescentes de 15 a 17 anos de idade, o que corresponde a um total estimado em 1,8 milhão de pessoas, sendo 22,9% de moças e 16% dos rapazes.

Em 2019, a obesidade atingia 6,7% dos adolescentes: 8% no sexo feminino e 5,4 % no sexo masculino.

É considerado como excesso de peso o Índice de Massa Corporal (IMC) maior do que 25. A pessoa obesa tem IMC maior do que 30. O índice é calculado pelo peso em quilograma dividido pelo quadrado da altura em metro.

EMBE 2019
COVID 19