Aspectos Práticos do Uso do Cálcio e da Vitamina D

relogio 10/09/2010 - 11:41
O Simpósio da SOBEMOM (Sociedade Brasileira para o Estudo do Metabolismo Ósseo e Mineral), no Endócrino 2010, reuniu vários especialistas no assunto, sob coordenação da Dra. Victória Borba.

A Dra. Marise Lazaretti Castro falou sobre uso de cálcio e da vitamina D para prevenção e tratamento da osteoporose. É importante ingerir a quantidade adequada de cálcio,seja pela alimentação, seja com suplementação (quando necessário). A médica explicou que se não for ingerida a quantidade necessária de cálcio (em média, 1000mg/dia), o organismo tentará retirar o nutriente dos ossos e até mesmo ativará a glândula paratireoide para conseguir os níveis necessários para o organismo.

A ingestão excessiva de cálcio também é prejudicial. Dra. Marise apresentou estudos que indicam que o excesso da substância no organismo pode aumentar o risco de doenças cardiovasculares e litíase renal.

Segundo Dra. Marise, a vitamina D é de extrema importância para a fixação do cálcio. Apenas 10 a 15% de cálcio são aproveitados pelo organismo na ausência de vitamina D. A principal fonte é o sol, que desencadeia a produção dessa vitamina pela pele.