Two Hour Mean GH Is Not Superior to Basal GH for the Follow-up of Acromegalic Patients Treated with Octreotide LAR((R))

Eventos Médicos

Two Hour Mean GH Is Not Superior to Basal GH for the Follow-up of Acromegalic Patients Treated with Octreotide LAR((R))

por site em 15 de abril de 2021


Taboada GF, Correa LL, Machado Ede O, Haute FR, Casini AF, Balarini GA, Neto LV, Calixto L, Calixto C, Gadelha MR. Two hour mean GH is not superior to basal GH for the follow-up of acromegalic patients treated with Octreotide LAR((R)). Growth Horm IGF Res. 2007 Feb;17(1):77-81.
 
Este artigo foi publicado por grupo do Servico de Endocrinologia do Hospital Universitario Clementino Fraga Filho (HUCFF) e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Os autores compararam GH basal ao GH médio de 5 amostras (colhidas a cada 30 minutos) e relacionaram os resultados ao IGF-1, em 91 curvas realizadas durante o seguimento de 44 pacientes acromegálicos em tratamento. Os autores obtiveram correlação positiva entre o GH basal e a média de GH e de ambos com o % de IGF-1 acima do limite superior do normal (%ULRV). Em somente 3 curvas houve discordância entre o GH basal e o %ULRV e este se correlacionou com a média de GH. Concluíram que não há relação custo/benefício que justifique a realização da curva de GH no seguimento dos pacientes e que a curva deve ser individualmente indicada nos casos com níveis séricos basais de GH entre 1 e 5 ng/ml e discordantes do IGF-1.

Leia o abstract original