Tristeza na Endocrinologia Brasileira

relogio 25/03/2021 - 11:26 Covid-19

A quinta-feira, 25 de março, começou com uma notícia muito triste para a Endocrinologia Brasileira. Faleceu, pela manhã, o Dr. Luiz Alberto Susin. 

Pela manhã, o presidente da SBEM Nacional, Dr. Cesar Boguszewski, informava: "É com pesar que comunico que nosso amigo Luiz Alberto Susin, de Lages, faleceu agora há pouco de Covid-19. Pessoa com grande atuação na SBEM, tendo exercido entre outras funções a presidência da Comissão Fiscal, além de ter atuado como presidente do Conselho Fiscal, na Comissão de Estatutos, Regimentos e Normas e na Comissão de Educação Médica Continuada. Uma enorme perda para a Endocrinologia Brasileira. Um grande amigo, um entusiasta das atividades da SBEM, um profissional ímpar. Meus sentimentos à família e, em especial, aos amigos da SBEM-SC".

A Diretoria Nacional solicitou ao Dr Itairan Terres, corregedor da Comissão de Ética da SBEM, que escrevesse um texto em homenagem ao querido amigo:

“É com imensa tristeza que a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) informa o falecimento do Dr. Luiz Alberto Susin, ocorrido hoje, 25 de março de 2021. Com seu espírito ativo e empreendedor atuou em muitas outras funções pela SBEM, sendo nosso incansável e dedicado colaborador. Foi sócio fundador e ex-presidente da Regional Santa Catarina da SBEM e um querido amigo de toda a comunidade SBEM. Recebeu com merecimento o Prêmio Endosul 2018, que é um reconhecimento pela dedicação de seu trabalho em prol do desenvolvimento da SBEM e da Endocrinologia.

Atuando em Lages/SC deixou sua marca e seu legado para a endocrinologia brasileira, nos deixa a tristeza pela sua perda, a saudade e a gratidão eterna. À sua esposa Alice, seus filhos e demais familiares as nossas condolências.”

A Dra. Marisa Cesar Coral, ex-presidente da SBEM Nacional, contou com o trabalho do Dr. Susin como seu vice-presidente em 2005 e 2006.

“Estamos muito tristes. Convivemos muito com Susin e já estava sofrendo muito com as notícias que estávamos recebendo. Foi com ele que a Regional Santa Catarina começou e na Nacional foi extremamente atuante. Especialmente comigo foi muito carinhoso e protetor. Sempre me sentia acolhida por ele. Vamos deixar muitas saudades no nosso coração. No Endosul fiz a homenagem e ficamos até preocupados na época. Se tem alguém que contribuiu com o crescimento da SBEM, essa pessoa foi Susin”.

capa folha da sbem 2005

Responsável por diversas atividades na SBEM Santa Catarina, a diretoria da Regional, presidida pelo Dr. Fulvio Clemo Santos Thomazelli, publicou uma nota emocionada.

“Neste momento de dor e despedida, falta-nos palavras que possam descrever o profundo pesar de perder o colega Dr. Luiz Alberto Susin para a COVID-19.

O Dr. Susin nasceu em Bom Jesus, no Rio Grande do Sul. Formou-se em 1976, na faculdade de medicina pela Universidade de Caxias do Sul. Fez sua residência médica no IEDE-RJ.

Em 1985 foi um dos membros fundadores da Seccional Santa Catarina da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, em Florianópolis. Em 1993, assumiu a Presidência da SBEM Santa Catarina. No último ano da gestão, Susin realizou a primeira Colônia de Férias para Diabéticos, em Lages, e promoveu ainda a 1ª Jornada Catarinense de Endocrinologia.

Em 2003, voltou a desenvolver o trabalho associativo na SBEM-SC como vice-presidente. Na gestão 2005-2006 assumiu a vice-presidência da SBEM Nacional.

Dr. Susin foi um dos idealizadores do Endosul, que se tornaria o principal congresso da endocrinologia no sul do Brasil. Em sua primeira edição em Santa Catarina, no ano de 2008, foi o presidente do congresso. Em 2018 recebeu o Prêmio Endosul na cidade de Florianópolis pelos relevantes trabalhos a Endocrinologia Catarinense e Brasileira. Sentiremos a falta de seu espirito de liderança, generosidade, alegria e amizade.

Em nome de da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, registramos nossa homenagem e agradecimento a esse grande amigo da SBEM e de todos nós. Fica em paz!

Dr. Susin deixa sua esposa Alice e três filhos: João Paulo, Luis Fernando e Gustavo Alberto.”

Mensagens de amigos e colegas

Dr. Dalisbor Weber – membro da Diretoria da Nacional, gestão 2005-2006 - “Perdemos além de um amigo, ótimo pai e marido, e batalhador pela endocrinologia”.

Dr. Alexandre Hohl – ex-presidente da SBEM Nacional, gestão 2015-2016 – Dr. Susin foi um médico que sempre agregou à Endocrinologia Brasileira seja como vice-presidente seja como do Conselho Fiscal. Perdemos uma pessoa importante na especialidade, mas, acima de tudo, perdemos um grande amigo dos endocrinologistas brasileiros”.

luiz antonio susin

Endosul 2018 - Durante o último Endosul, foi feita uma homenagem ao Dr. Susin e a entrega do prêmio feita pela Dra. Marisa Cesar Coral. Vejam o discurso feito na ocasião. 

Neste Endosul cabe a Santa Catarina reconhecer e homenagear o trabalho desenvolvido pelos seus pares para a melhora da especialidade no Estado, e por conseguinte, oferecer o melhor ao paciente, nosso principal objetivo.

Pelos serviços prestados e dedicação à Endocrinologia não só do Estado, mas da Região Sul e do país, foi unânime a nossa escolha de homenagear o nosso amigo DR. LUIZ ALBERTO SUSIN, marido de Alice e pai de três filhos.

Luiz Alberto Susin, ou Susin, como é carinhosamente conhecido, é natural de Bom Jesus, no Rio Grande do Sul. Filho de Modesto e Antônia Susin. Tem como Irmãos: Ivan, Ivanise, Margarete e Salete.

Fez o segundo grau no Colégio Estadual de Vacaria, no Rio Grande do Sul. Formou-se em 1976, na faculdade de medicina pela Universidade de Caxias do Sul. Já o local escolhido para residência médica foi o Rio de Janeiro. Lá, iniciou seus estudos na área de Endocrinologia e Metabologia, no IEDE - Instituto Estadual de Diabetes e Endocrinologia, em 1977. Vale destacar que muitas amizades começaram nesta época e são mantidas até hoje.

Em 1980, passou na prova de Título de Especialista em Endocrinologia e Metabologia.

Em 1985, reunido em assembleia geral com outros nove colegas da Endócrino, fundou a Seccional Santa Catarina da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, em Florianópolis. Em ata, Susin sugeriu a atualização e fortalecimento da classe no Estado, buscando a valorização do Endocrinologista. Proposta esta que seria reforçada anos mais tarde durante sua participação na Diretoria Nacional.

Foi Chefe do Serviço de Clínica Médica no Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, em Lages, nos anos de 1986 a 1988. Depois assumiu a Direção Clínica do Hospital por duas gestões consecutivas, de 1989 a 1992. Neste período, lançou a Revista Vita que tinha o objetivo de trazer os avanços da medicina e tecnologia para região serrana. Trabalho amplamente reconhecido pelos colegas da região.

Em 1993, assumiu a Presidência da SBEM Santa Catarina. Entre as primeiras ações realizadas, implantou o Sistema Index de revistas de endocrinologia e metabologia, com a intenção de ser distribuída aos sócios. Outro destaque da gestão foi a contratação de ônibus para condução dos associados nas atividades científicas nacionais. A exemplo, um grupo foi para cidade de Foz do Iguaçu no Encontro Brasileiro de Tireoide, em 1994. No último ano da gestão, Susin realizou a primeira Colônia de Férias para Diabéticos, em Lages, e promoveu ainda a 1ª Jornada Catarinense de Endocrinologia.  Grande marco para endocrinologia catarinense.

O ano de 1995 estava quase se encerrando e, em Lages, era cada vez mais crescente o movimento da classe médica para que fundassem uma cooperativa de crédito. Atendendo ao edital de convocação, 39 médicos participaram da assembleia que elegeu Luiz Alberto Susin como primeiro Diretor Presidente da UNICRED Lages. Recém eleito, declarou que todos os dirigentes abririam mão de qualquer tipo de remuneração em prol da implantação da entidade. A iniciativa foi aprovada e aplaudida.

Em 2003, voltou a desenvolver o trabalho associativo na SBEM Santa Catarina como vice-presidente. Na gestão 2005-2006 assumiu a vice-presidência da SBEM Nacional, ocasião em que representou a Sociedade de Endocrinologia e Metabologia nas audiências da Associação Médica Brasileira pela Comissão Nacional de Acreditação. Aliás, o asseio sempre foi uma marca do Susin. Uma vez no Rio de Janeiro, descendo do avião no aeroporto do Galeão, ele pediu licença para ir ao banheiro e quando retornou estava todo elegante trajando paletó e gravata e dizendo estar pronto para representar a SBEM.

Preocupado com a valorização do Endocrinologista e da atualização científica do sul do país, junto dos colegas Rogério Friedman e Rosana Radominski, foi um dos idealizadores do Endosul. Este que se tornaria o principal congresso da endocrinologia no sul do Brasil. Em sua primeira edição em Santa Catarina, no ano de 2008, Susin foi o presidente do congresso.

Susin atua como médico concursado do Estado de Santa Catarina há mais de 30 anos (desde 1982). Neste tempo, trabalhou como perito do INSS. Está no Hospital Tereza Ramos de Lages como gerente técnico desde 2008 (quando cuidava da parte técnica do hospital) e assumiu a direção geral da instituição por 2 anos e 4 meses, em 2011.

Dentro da vida associativa da SBEM SC, teve várias participações na Diretoria, Conselho Fiscal e Comissão de Ética. Atualmente é membro titular do Conselho Fiscal da SBEM Nacional gestão 2017/2018, porém, participou ativamente da Comissão do Estatuto e da Comissão de Educação Médica Continuada da SBEM Nacional neste ínterim.

Casou-se com Alice Helena Gomes Susin em 1982, três anos depois de sua chegada a Lages, cidade, como ele mesmo diz, da Grande Florianópolis. Além de se dedicar à SBEM e ao trabalho, Susin curtiu muita a família. Tem três filhos: João Paulo, Luís Fernando e Gustavo Alberto.

Assim, nos sentimos honrados em conceder o Prêmio Endosul 2018 a você Susin. Venha cá e conte coisa boa.

*fotos Celso Pupo/DC Press 

Pro Endocrino setembro 2020
COVID 19