Reunião entre SBEM, CFM e de Odontologia

relogio 01/03/2017 - 17:37 Informações Científicas

No fim de fevereiro foi realizada na sede do Conselho Federal de Medicina, em Brasília, uma reunião convocada, inicialmente, para discussão de Resolução do Conselho Federal de Odontologia 176/2016 - que trata da utilização de toxina botulínica por parte de Cirurgiões-Dentistas -, mas que foi expandida para a questão da prescrição de hormônios e cursos de formação ditos como de “Imersão em hormônios em Odontologia”.

Estiveram presentes membros das Diretorias dos dois Conselhos, de representantes das Sociedades Brasileiras de Cirurgia Plástica, da Dermatologia e da SBEM.

O Dr. Neuton Dornelas Gomes, membro da Diretoria da SBEM, fez uma apresentação ressaltando, dos pontos de vista ético e legal, a inadequação da atuação dos dentistas nesse campo de atuação. Ele explicou que se trata de um campo de atuação exclusivo da medicina e que, em análise mais aprofundada e para efeitos de divulgação pelas regras instituídas pelo CFM, é de exclusividade dos especialistas em Endocrinologia e Metabologia.

Todos os participantes da reunião, incluindo os representantes do CFO, foram unânimes e categóricos em reconhecer e afirmar que “o uso de hormônios por dentistas, nos moldes como vem sendo apregoado, deve ser visto como exercício ilegal da Medicina”.

Foram propostas medidas de adequação de Resoluções, visando agilidade nos processos contra profissionais e instituições que infrinjam normas dos dois Conselhos.

"A SBEM continuará trabalhando com afinco na defesa da Endocrinologia e na segurança dos pacientes, acompanhando os desfechos desta produtiva reunião e intervindo judicialmente caso necessário", enfatizou o presidente da SBEM Nacional, Dr. Fábio Trujilho. 

cbaem 2019
Proendocrino set 2018