Reposição Hormonal

relogio 15/12/2009 - 11:39

Com o objetivo de conhecer a opinião dos internautas que navegam pelo site da SBEM, a Sociedade publica, regularmente, enquetes relacionadas à Endocrinologia. A mais recente foi direcionada ao público e tratou de um tema muito discutido recentemente na área: Reposição Hormonal.

Os resultados da enquete – que tem objetivos gerais e não científicos - mostram que o tratamento, tanto no homem, quanto na mulher, está sendo indicado, em sua maioria, por ginecologistas (43,8%), seguido por endocrinologistas (42,5%). Com a pergunta “Quem recomenda a reposição hormonal para você?”, a pesquisa também mostrou que urologistas indicam a reposição em apenas 7,5% dos casos e clínicos gerais em 3,8%. Os dados são referentes ao dia 8 de dezembro de 2009.

De acordo com o Dr. Ricardo Meirelles, presidente da SBEM, o resultado é satisfatório. “O percentual de endocrinologistas é praticamente o mesmo de ginecologistas, o que significa que estamos assumindo a iniciativa de indicar a terapia hormonal e não a delegando a outro especialista, como no passado” afirma. “Temos, entretanto, que interpretar esses dados com cuidado, pois a enquete foi veiculada na página da Sociedade de Endocrinologia e o público que a visita provavelmente é de pacientes de endocrinologistas, o que cria um viés. De qualquer forma, significa que o endocrinologista está cada vez mais conhecido como o especialista que lida com hormônios”, acrescenta.

Resultado da Enquete

(Imagem capturada no dia 8 de dezembro de 2009)