Questões Sobre a Tireoide

relogio 16/05/2008 - 09:45

A equipe de redação do site da SBEM selecionou algumas dúvidas de pacientes sobre disfunções da tireoide. As perguntas abaixo foram enviadas pelo “Fale Conosco” do site e respondidas pelo Dr. Helton Ramos.

Alimentação e Disfunção da Tireoide

Pergunta: Minha esposa tem hipotireoidismo causado pela Tireoidite de Hashimoto. Ela tem 36 anos e faz uso diário de levotiroxina sódica em dosagem definida (e ajustada) pelo médico. Diante de tantos efeitos desconfortáveis que podem se manifestar quando os níveis estão desregulados, tenho dúvida sobre a relação entre a alimentação e a disfunção da tireoide. Há alimentos que é melhor evitar? Há alimentos recomendados que aumentem o bem-estar ou diminuam o desconforto de alguns sintomas?

Resposta do Dr. Helton Ramos: Não. Não há nada a se recomendar quanto à alimentação. Se ela toma a quantidade indicada e os níveis hormonais estão bons, ela nem deveria sentir sintoma algum. Se ainda assim persistir algum sintoma, isto não poderia ser atribuído ao hipotireoidismo, uma vez que o tratamento está adequado.

Efeitos dos Medicamentos

Pergunta: Estive lendo no site da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia sobre hipertireoidismo. Me interesso muito pelo assunto, pois tenho caso na família de hipertireoidismo. A pessoa faz uso de medicamentos da tireoide já toma há mais de 10 anos e nesse tempo desenvolveu diabetes e perda parcial do músculo. Tem alguma relação? Enfim, procuro uma saída, pois os médicos de Bauru não têm muita informação sobre esta doença.

Resposta do Dr. Helton Ramos: Desconheço que o hipertireoidismo possa causar diabetes ou perda de músculo. Estas informações não são precisas. Pode haver uma associação entre Hipertireoidismo e Diabetes tipo 1, pois ambas são doenças autoimunes. Você ainda não esclarece a causa do hipertireoidismo que se refere. Doença de Graves? Nódulo autônomo? Bócio multinodular tóxico? Cada causa de hipertireoidismo tem uma abordagem terapêutica diferente. O tipo de tratamento ainda vai depender de muitos outros fatores como a idade do paciente, riscos cirúrgicos e gravidade do caso. Consulte um endocrinologista. 

Desânimo e Baixa Auto-Estima

Pergunta: Há anos sofro com problemas por causa da minha tireoide, sempre faço os exames de sangue e vou a vários médicos, mas sempre dizem a mesma coisa: que não podem me receitar os tais hormônios pois os níveis de T3 e T4 não estão altos nem baixos demais. Porém, tenho 33 anos e preciso muito trabalhar, mas sinto um desânimo horrível e baixa autoestima. No ano passado larguei uns 5 empregos por causa disso. Não tenho vontade de amar meu marido, muito de vez em quando, e só quero dormir. É horrível porque sou um pessoa super ativa mas não consigo fazer mais nada. Li na internet que o selênio é ótimo para esses sintomas que sinto, gostaria de saber se é natural ou se é química?

Resposta do Dr. Helton Ramos: Os sintomas que você sente são inespecíficos e se você realmente não apresenta alteração dos níveis de TSH e T4 Livre, provavelmente não possui tireoideopatia alguma. A reposição de selênio não melhora a função da glândula tireoide. Você não melhora um hipotireoidismo com reposição de selênio.

Queda de cabelo

Pergunta: Tenho uma queda de cabelo muito acentuada. Existe algum tratamento especial para quem tem Hashimoto para inibir a queda de cabelo?

Resposta do Dr. Helton Ramos: A queda de cabelo pode se relacionar aos altos títulos de anticorpo antitireoidiano. Portanto se os títulos ainda forem altos pode haver uma queda de cabelo. Uma consulta com o dermatologista ajudaria a melhorar o problema enquanto os níveis de anticorpos caem com o tempo.

Gravidez e Aborto Espontâneo

Pergunta: Após vários exames, minha médica solicitou um exame da tireoide e constatou que eu estou com ela abaixo do normal. Minha duvida é se eu posso ter tido um aborto espontâneo, porque em um dos períodos menstruais tive uma forte hemorragia e saiu grande quantidade pedaços e só agora que descobri que estou com problema na tireoide. Pode ter ocorrido um aborto?

Resposta do Dr. Helton Ramos: Provavelmente seu caso trata-se de hipotireoidismo (disfunção da tireoide, onde há baixa produção do hormônio de tireoide). O Tratamento é simples e consiste na reposição com levotiroxina. Hipotireoidismo não causa sangramento menstrual. Existem relatos de maior número de abortos espontâneos em pacientes com hipotireoidismo/Tireoidite de Hashimoto (causa do hipotireoidismo) relacionado ao alto nível de anticorpos antitireoidianos. Um tratamento adequado reduz muito o risco de problema em gravidez futura.

Pergunta: Gostaria de saber mais sobre o hipotireoidismo em grávidas. O que pode ocorrer ao feto?

Resposta do Dr. Helton Ramos: O Hipotireoidismo, sobretudo no primeiro trimestre da gravidez (quando a tireóide fetal ainda não está completamente desenvolvida), deve ser bem tratado. Estudos recentes relacionam QI (inteligência) da criança  ao grau de hipotireoidismo na gravidez. O mais importante é fazer a reposição na dose correta.

Pergunta: Tive câncer de tireoide papilífero, retirei toda glândula em 2004, hoje tomo Puran t4 112mg. Meu exame de sangue acusa um estímulo para glândula de 0,04, isso é baixo, um outro referencial que fico quase com hipertiroidismo. Estou me sentido muito bem, mas estou tentando engravidar, com esta taxa é possível? O que devo fazer?
 
Resposta do Dr. Helton Ramos:
Deve procurar um endocrinologista. O exame de seguimento do câncer é a tireoglobulina, que permite afirmar se o câncer foi curado e está sob controle. O TSH próximo a zero indica uma dosagem alta de levotiroxina, mas após qualquer história de câncer de tireoide recomenda-se mesmo usar doses mais altas de levotiroxina nos primeiros anos de acompanhamento e deixar o TSH próximo a zero. Não existe problema na gravidez. Mas é mais indicado que você fique com níveis hormonais normais (nem hiper e nem hipo) durante a gestação.