Produção de Insulina

relogio 24/01/2013 - 10:51 Notícias

O Ministério da Saúde divulgou, nesta quarta-feira, 23 de janeiro, que, a partir deste ano, o Brasil vai iniciar as atividades de produção de cristais de insulina, princípio ativo utilizado na fabricação de insulina. Segundo o Ministério, a produção será feita através do Laboratório Farmanguinhos, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). A previsão é que, até 2016, o país produza Insulina NPH em escala industrial.

A fabricação do medicamento será feita a partir de um acordo de transferência de tecnologia entre o Ministério da Saúde e o laboratório ucraniano Indar, um dos três produtores no mundo. A parceria também aumentou a oferta de insulina aos pacientes com diabetes do Sistema Único de Saúde (SUS) — cerca de 3,5 milhões de frascos do medicamento devem chegar ao país em abril deste ano e, se necessário, o número poderá chegar a 10 milhões até dezembro.

O governo anunciou também que, para retomar a estratégia de desenvolvimento produtivo e tecnológico na área da saúde, será estabelecida uma Parceria de Desenvolvimento Produtivo (PDP) com o laboratório brasileiro privado Biomm, que detém tecnologia nacional para a produção de insulina. Segundo o Ministério, esta parceria permitirá ao Brasil obter todo o ciclo de produção de insulina, possibilitando autonomia tecnológica, eliminação das dificuldades de abastecimento e fim da vulnerabilidade de preços.

Segundo o Ministério, um novo cronograma de entrega de Insulina NPH pelo laboratório Indar e de transferência de tecnologia para a produção nacional foi estabelecido. O início da produção de cristais de insulina pela Fiocruz começa este ano. A fábrica de produção dos cristais (princípio ativo do medicamento) estará estruturada em 2014. No ano seguinte, serão realizados os testes, qualificações e ajustes técnicos para a validação das instalações produtivas.

 Coletiva de Imprensa

O Ministério da Saúde havia convocado uma coletiva de imprensa para a apresentação de produção de novo medicamento. Entretanto, no aviso, não mencionada qual seria.

A redação do site da SBEM recebeu, posteriormente o seguinte aviso: "Devido a alterações na agenda do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, a entrevista coletiva, que estava marcada para esta quarta-feira (23), foi cancelada. Ainda hoje, o Ministério da Saúde irá divulgar matéria pela Agência Saúde com o anúncio sobre o acordo para a produção nacional de insulina."

A nota oficial foi divulgada, em forma de press release, somente no final da tarde.

 

cbaem 2019
Pro Endocrino abril 2019