Parceria Luso-Brasileira na Endocrinologia

relogio 23/05/2017 - 18:37

“Um presente para a Endocrinologia Portuguesa”. Essa frase do presidente da Sociedade Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo, Dr. Francisco Carrilho, resume o clima que foi observado no Simpósio Luso-Brasileiro. A atividade foi realizada dentro da 68.ª Reunião Anual da SPEDM, no último dia 20 de maio, em Lisboa.

O Dr. Fábio Trujilho, presidente da SBEM Nacional, e o Dr. Alexandre Hohl, vice-presidente da entidade, foram os moderadores do Simpósio que contou com dois palestrantes brasileiros: Dr. Claudio Kater e Dra. Margaret Boguszewski. Participaram do simpósio 120 endocrinologistas portugueses. “A receptividade foi excelente. Além da parte científica, um bom momento para networking aconteceu em um jantar de confraternização”, explicou o Dr. Trujilho. O presidente da SBEM Nacional comentou, também, que estiveram presentes chefes de serviços de Endocrinologia e Metabologia de Coimbra, Ilha da Madeira e Porto, entre outros.

Congresso Luso Brasileiro

Para o Dr. Alexandre Hohl, o resultado foi positivo, com aulas sendo moderadas sempre com um representante brasileiro e um português. “Tivemos apresentações muito ricas sob o ponto de vista científico. Já estamos planejando eventos no Brasil, com a presença dos endocrinologistas portugueses”.

Dr. Alexandre Hohl e Dr. Fabio Trujilho

Dr. Francisco Carrilho, presidente da SPEDM, deu entrevistas a veículos na área em Lisboa, sempre enfatizando a ótima parceria entre as duas Sociedades Científicas.

‘Trata-se de um encontro muito importante para o Brasil. A qualidade da Endocrinologia junta-se à qualidade e ao número de endocrinologistas que temos no Brasil”, disse o Dr. Fábio Trujilho.

Excepcionalmente este ano, a SPEDM realizou um evento mais fechado em função da realização do Congresso Europeu de Endocrinologia, também em Lisboa. 

Brasileiros presentes ao evento.