Nota de Esclarecimento: Hormônio da Juventude

relogio 09/06/2016 - 15:32 Comunicados Oficiais

A Revista Isto É desta semana traz uma reportagem sobre o uso de testosterona com o objetivo de manter a juventude, através de sua ação sobre a telomerase, enzina reparadora dos telômeros.

A Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, através de nota de esclarecimento do presidente da entidade, Dr. Alexandre Hohl, esclarece que:

“O estudo citado na reportagem, cujo título é Danazol Treatment for Telomere Diseases (Danazol no tratamento para doenças de telomerase, em tradução livre), foi publicado no New England Journal of Medicine, no dia 19 de maio.

Danazol é um medicamento derivado da testosterona, mas não é testosterona.

Em bula, é indicado para tratar mulheres com endometriose e algumas doenças das mamas. Portanto, o Danazol não pode ser considerado testosterona.

É preciso salientar também que essa pesquisa estuda o Danazol em uma fase muito preliminar, nas doenças de telomerase, ligadas ao envelhecimento. Ou seja, a associação de que a testosterona pode estar envolvida na prevenção do envelhecimento, ainda não foi comprovada. Essa também não foi a conclusão do estudo.

A posição da SBEM continua sendo de que o uso da testosterona é indicado apenas para as pessoas que têm deficiência hormonal, e sua recomendação para o rejuvenescimento não tem evidências científicas de eficácia, e pode apresentar potenciais riscos para a saúde, assim como o uso incorreto de outros hormônios.

Vale alertar ainda que o uso da testosterona para questões estéticas não é recomendado pela SBEM e pode ser seguido de diversos efeitos adversos, como acne, alteração da mama e voz e risco de doenças mais graves no fígado e coração".

 

Revista Isto É

 

 

EMBE 2019
quem ve diabetes ve coracao