Manifestação no Rio de Janeiro

relogio 03/07/2013 - 16:43

Médicos de todo país se mobilizaram nesta quarta-feira, dia 3 de junho, em prol de seus direitos. No Centro do Rio de Janeiro profissionais da área de saúde pararam as ruas cantando e expondo sua opinião perante a postura dos governantes do país.

Concentrados na Cinelândia um grande grupo se movimento até a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) e preencheu a escadaria da instituição.

Manifestação no Rio de Janeiro

De acordo com a presidente do Conselho Regional do Rio de Janeiro (Cremrj), Dra. Márcia Rosa as pautas levadas para a manifestação são: remuneração da gratificação, contra a importação de médicos, a questão do revalida, e o plano de carreira de estado para o médico poder interiorizar. Quando questionada sobre a necessidade de mais médicos no estado a Dr. Márcia negou a informação. "No Rio de Janeiro são 55 mil médicos ativos. Nós somos a segunda maior cidade do Brasil que tem um número suficiente de médicos de acordo com a organização mundial de saúde", declarou. 

A manifestação começou às 10 horas no largo da Cinelândia. Médicos discursaram suas opiniões e fizeram cartazes. A mobilizam seguiu para a Alerj e parou o trânsito chamando a atenção de todos que passavam. Os participantes se juntaram na escadria da assembléia, continuaram com os discursos e finalizaram o ato cantando o hino nacional.

Manifestação no Rio de Janeiro