Inibidores de Apetite

relogio 02/09/2011 - 14:18 Notícias
Após reunião da Diretoria Colegiada da Anvisa, com discussão do Relatório Integrado sobre Eficácia e Segurança dos Medicamentos Inibidores de Apetite, ficou decidido que a decisão final sobre a suspensão dos emagrecedores será tomada numa reunião pública, ainda sem data definida.

O Diretor-Presidente da Anvisa, Dirceu Barbano, afirmou, em entrevista à imprensa, que o relatório propõe o cancelamento do registro de todos os derivados anfetamínicos, permitindo, no entanto, a manutenção da sibutramina, com diversas restrições sanitárias. Os técnicos sugerem a permanência da sibutramina devido a sua comprovada eficácia, que é a perda de 5 a 10% de peso em um período de quatro semanas em obesos. Ele deverá ser recomendada apenas a pacientes com Índice de Massa Corporal (IMC) superior a 30 e não ser portador de cardiopatia diagnosticada.

A Agência sugere ainda o uso da medicação apenas em paciente com o perfil indicado; notificação de receita pelo médico; assinatura de um termo de responsabilidade pelo médico, paciente e farmácia de manipulação; avaliação mensal do paciente e notificação compulsória, pelo médico, de reação adversa no paciente.

De acordo com o presidente da Comissão de Comunicação Social da SBEM, Dr. Ricardo Meirelles, nenhum dos medicamentos inibidores de apetite deve ser retirado do mercado e nenhum tipo de controle especial diferente de outros medicamentos é justificado. “Os possíveis efeitos adversos e contraindicações da sibutramina não são mais graves do que os de diversos outros remédios comercializados normalmente. O receituário B2, atualmente em uso, já permite que se faça um controle estrito da prescrição e venda desses produtos, pois é específico para os anorexígenos”, afirma.
EMBE 2019
Universidade online SBEM