Incidence of Obesity Does Not Appear to Be Increased after Treatment of Acute Lymphoblastic Leukemia in Brazilian Children: Role of Leptin, Insulin, and IGF

Eventos Médicos

Incidence of Obesity Does Not Appear to Be Increased after Treatment of Acute Lymphoblastic Leukemia in Brazilian Children: Role of Leptin, Insulin, and IGF

por site em 15 de abril de 2021


Papadia C, Naves LA, Costa SS, Vaz JA, Casulari LA
Publicado em: Horm Res. 2007 Mar 13.

 
A obesidade tem sido descrita como uma complicação freqüente em crianças sobreviventes de Leucemia Linfoblastica Aguda (LLA) em diversos países. Todavia, a maioria das crianças brasileiras tratadas para LLA apresenta peso normal ou baixo. Avaliamos 27 pacientes tratados para LLA 14 + 4,2 anos, e intervalo após tratamento de 8,6 + 3,9 anos, comparados com grupo controle saudável pareado para idade e sexo. Observamos que 14/27 pacientes do grupo LLA apresentaram hiperleptinemia (p< 0,05). A correlação entre leptina e insulina foi significativamente maior no grupo controle do que nos pacientes tratadoa para LLA. Esses dados sugerem alteração nos mecanismos homeostáticos regulatórios do peso corporal em pacientes tratados de LLA na infância.