Futuro nos Consultórios

relogio 19/05/2009 - 17:00
Imagine a seguinte situação: uma mesa com uma tela, na qual você pode mostrar aos seus pacientes todos os exames, raios X, ultrassonografias, entre outros dados, sem usar mouse e teclado. Tal visão futurística se tornou possível após o lançamento do “Microsoft Surface”, um computador em formado de mesa, no qual o controle se dá por meios naturais como a voz, uma caneta, ou tato, e do também recém lançado “Microsoft Amalga”, um software unificado de saúde empresarial.

Unidos, os lançamentos permitem ao médico acessar dados e mostrar ao paciente informações, de várias fontes, incluindo exames digitalizados, resultados laboratoriais e relatórios de cirurgia, das explicações sobre processos cirúrgicos e exibir vídeos de maneira prática e dinâmica. Veja uma pequena apresentação do programa sendo utilizado no Surface.

O "Microsoft Surface" oferece uma tela de 30 polegadas, na qual pessoas podem tocar e mover objetos para as mais diversas tarefas, que vão desde desenhos digitais até montar quebra-cabeças virtuais, passando por pedidos de comida no cardápio online de um restaurante. Ele também reconhece e interage com outros aparelhos colocados sobre sua superfície, de modo que um grupo de pessoas sentadas em torno dele poderá olhar as fotos armazenadas em uma câmera digital colocada sobre a superfície.

O preço de venda do computador será inicialmente entre 5 mil e 10 mil dólares, mas a idéia é que o preço se torne mais acessível dentro de 3 a 5 anos.