FENAM Contesta Aprovações

relogio 23/09/2013 - 14:49 Notícias

A Federação Nacional dos Médicos (FENAM) contestou a aprovação dos profissionais com diplomas estrangeiros no Programa Mais Médico.

De acordo com a entidade, a única garantia de um atendimento de qualidade que a população brasileira necessita só pode ser assegurado pelo exame realizado pelo Inep- Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira.

O presidente da Federação Nacional dos Médicos (FENAM), Geraldo Ferreira Filho, considera difícil analisar a etapa de "aprendizado" realizada pelo Governo quando não se apresenta realmente a forma de treinamento e avaliação pela qual os médicos foram submetidos.

Até o momento, 19 dos aprovados obtiveram registro provisório, concedido pelo Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul. Devido ao impasse com os CRMs, o MS adiou por mais uma semana o início da atuação dos profissionais com diplomas estrangeiros.

No total, 670 participantes foram aprovados, tendo 11 em recuperação e um reprovado. Os profissionais que alcançaram até 20% a menos da pontuação estipulada terão uma nova chance de passarem mais duas semanas de reforço em Brasília.

cbaem 2019