Etiqueta de Segurança

relogio 08/10/2010 - 09:32

A partir de janeiro de 2012, os medicamentos vendidos nas farmácias brasileiras serão classificados com um selo de segurança que indicará a veracidade do produto. Produzida pela Casa da Moeda, a etiqueta indicará a autenticidade quando aproximada de um leitor ótico.

De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o objetivo é diminuir, no mercado nacional, o número de medicamentos falsificados, roubados, sem registro ou contrabandeados. Os selos serão aplicados diretamente na caixa e terão um marcador especial, único e exclusivo, reconhecido apenas pelo Leitor Específico de Autenticação. As etiquetas terão, ainda, uma numeração individual, não repetitiva, que será a ferramenta de base para o sistema eletrônico de rastreabilidade.

Não serão produzidas etiquetas diferenciadas por estado ou fabricante de medicamento. Todas terão o mesmo formato e características físicas.

Segundo a Agência, apenas neste ano, foram apreendidas 53.575 mil unidades de medicamentos falsificados e contrabandeados e 62,9 toneladas de medicamentos sem registro.