Diabetes

SBEM e ABESO em Reunião com Ministro da Saúde

No dia 20 de setembro, o Dr. Fábio Trujilho, presidente da SBEM, junto com a Dra. Maria Edna de Melo, presidente da Associação Brasileira para Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (ABESO), estiveram com o Ministro da Saúde, Ricardo Barros, para iniciar o desenvolvimento de uma linha de atendimento ao paciente obeso no Sistema Único de Saúde (SUS). As Sociedades também pediram agilidade na implementação da rotulagem frontal de advertência. 

De acordo com a Dra. Maria Edna, um passo foi dado em relação ao atendimento do paciente com obesidade no Sistema Único de Saúde. "Será criado um grupo de discussões no Ministério da Saúde para o desenvolvimento da linha, que atualmente contempla apenas o procedimento cirúrgico", comentou. 

Outro assunto, tratado na reunião, foi a implementação da rotulagem frontal. Entidades médicas estão empenhadas em solucionar o problema, que tem a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) à frente do processo, para que a advertência seja colocada na frente das embalagens de alimentos industrializados.

As entidades médicas alegam que, no momento da compra, a escolha de um alimento é influenciada pelo rótulo, onde, atualmente, não é fácil localizar a quantidade excessiva de ingredientes como: sal, açúcar e gordura saturada. O uso em excesso destes produtos podem causar problemas de saúde. A medida pode ser importante na prevenção à doenças crônicas.

Segundo a Dra. Maria Edna, o Ministério da Saúde alegou total interesse na medida, que está sendo trabalhada há três anos."As conversas foram iniciadas em 2014, tempo mais que suficiente para a discussão. Chegou a hora de colocar em prática. A SBEM participou do posicionamento conjunto com mais dez sociedades a favor da implementação da rotulagem frontal de advertência em 2018", declarou. 

  • Confira o Posicionamento conjunto das entidades médicas aqui

 

Fotos: Erasmo Salomão/inistério da Saúde