Endocrinologia e Hepatologia em Parceria Científica

relogio 10/09/2019 - 09:47 Entidades Parceiras

Mais uma parceria entre sociedades científicas com foco na atualização dos endocrinologistas. Dessa vez é com a Sociedade Brasileira de Hepatologia. O Dr. Paulo Bittencourt, presidente da SBH, explica que essa aproximação iniciou em 2018 com a participação de palestrantes da SBEM e da SBH nos congressos das duas especialidades. “Ampliamos a participação este ano com a integração da SBEM em ações de conscientização para testagem de hepatite C, infecção que leva à cirrose, que é duas vezes mais frequente em pessoas convivendo com diabetes”, contou o Dr. Paulo.

Para o presidente existe um desafio muito grande junto com a SBEM e a Sociedade Brasileira de Diabetes, que é a conscientização das populações sobre esteatose hepática. Ele lembra que essa complicação acomete 35% da população brasileira e pode evoluir para cirrose e necessidade de transplante de fígado. “A parceria de duas entidades médicas sérias, com ações consolidadas de extensão para a comunidade, só pode ser transmitir segurança e engajamento da população em promoção à saúde”.

Esclarecimentos ao público também são essenciais e devem ser levados para o debate científico. “A população ainda acha que ‘gordura no fígado’ não faz mal à saúde, mas ela se associa ao desenvolvimento de diabetes, ao risco aumentado de eventos cardiovasculares e câncer, além da própria cirrose e câncer de fígado”, explica o presidente da SBH.

Espalhar o conhecimento e debater sobre o tema entre as especialidades envolvidas com o tratamento da população é uma missão importante para as duas entidades. “Temos, portanto, a missão de transmitir este conhecimento para as pessoas para que elas se cuidem mais combatam a obesidade e o sobrepeso e façam atividade física regular”. Além disso, o Dr. Paulo enfatiza a importância do debate científico. Isso irá acontecer durante o XXV Congresso Brasileiro de Hepatologia, que acontecerá de 2 a 4 de outubro, no Hotel Tivoli Mofarrej, em  São Paulo.

“Teremos, no Hepato 2019, um curso pré-congresso sobre doença hepática gordurosa não alcoólica, com a participação da SBEM e SBD, e um simpósio conjunto dobre o tema com as sociedades americana e latino-americana para estudo do fígado”.

O Dr. Paulo lembra que será um evento importante para a missão de atualização do hepatologista no manejo do diabetes e dislipidemia e do endocrinologista na conduta acerca da doença hepática gordurosa não alcoólica.

*publicado em 11.07.2019, atualizado em 10.09.2019

cbaem 2019
Pro Endocrino setembro 2019