Dia Mundial de Combate ao Câncer

relogio 04/02/2015 - 15:24

Considerado a segunda principal causa de morte no Brasil e no Mundo, atrás apenas das doenças cardiovasculares, o câncer é um problema de saúde pública global. O dia 4 de fevereiro, Dia Mundial de Combate ao Câncer, representa um alerta sobre a doença para toda população.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), até 2030, podem-se esperar 27 milhões de casos incidentes de câncer, 17 milhões de mortes e 75 milhões de pessoas vivas, anualmente, com a doença.

Entre os tipos de cânceres endocrinológicos, está o câncer de adrenal. As glândulas supra-renais ou adrenais são responsáveis por sintetizar hormônios importantes ao equilíbrio metabólico do organismo, como a aldosterona, o cortisol e hormônios sexuais. Elas estão localizadas acima de cada rim.

Para comentar sobre o assunto, Dr. Sonir Antonini, presidente do Departamento de Adrenal e Hipertensão da SBEM, explica os sintomas e o tratamento da doença. 

Site da SBEM: Quais sintomas podem levar a suspeita de um tumor de adrenal?

Dr. Sonir Antonini: Os sinais e sintomas geralmente decorrem do excesso hormonal produzido pelo tumor. Pode ocorrer surgimento excessivo de pelos e acne na face e no corpo (hirsutismo) ou precocemente em crianças. Pode haver alterações genitais (aumento do clitóris), hipertrofia muscular, voz grave (grossa), irritabilidade e agressividade. Pode também haver aumento involuntário de peso, com deposição de gordura, preferencialmente na face, pescoço, tronco e abdômen e, nessa segunda situação, ocorre fraqueza muscular, Diabetes Melittus e hipertensão arterial de difícil controle. Em adultos, frequentemente o tumor é silencioso, inicialmente, e é descoberto "acidentalmente" durante realização de exame de imagem (ultrassonografia, tomografia, etc) realizada para outros fins.

Site da SBEM: Qual a chance desse tumor ser maligno?

Dr. Sonir Antonini: É elevada. Tumores grandes (maiores que 4 cm) ou que invadem estruturas próximas são provavelmente malignos. Tumores que já se disseminaram (metastáticos) são malignos. Alguns tumores pequenos podem também ser malignos desde o princípio.

Site da SBEM: Caso o paciente detecte o tumor, qual o melhor tratamento?

Dr. Sonir Antonini: O importante é que o paciente procure seu médico de confiança caso apresente algumas das alterações acima. Entretanto, caso seja confirmada a presença de tumor, é fundamental que este paciente procure ou seja encaminhado para um centro de referência que tenha experiência para realizar a investigação, a cirurgia e o tratamento complementar necessário.