A Despedida do Dr. Thomaz Cruz

relogio 14/10/2020 - 16:31 Comunicados Oficiais

Com muita tristeza que a SBEM Nacional informa o falecimento do Dr. Thomaz Cruz, nesta manhã do dia 14 de outubro. A Endocrinologia Brasileira está de luto e presta homenagens ao ex-presidente.

Homenagens e Carinho

Uma das últimas participações do Dr. Thomaz Cruz, em congressos da SBEM, aconteceu em 2016, durante o CBEM realizado na Costa do Sauipe, na gestão do Dr. Fábio Trujilho. Na ocasião, ele foi convidado a ministrar uma conferência onde fez um “verdadeiro passeio pela história da Endocrinologia”, como ele definiu.  Logo no início da palestra brincou: “O bom de uma conferência é a gente poder falar o que tem vontade”.

O Dr. Thomaz se graduou em medicina pela Faculdade de Medicina da Bahia, título de especialista de 1972, professor do CUMUC e do Medical College of Pennyslvania, chefe do Departamento de Medicina e coordenador do Colegiado da Residência Médica da UFBA.

O endocrinologista era sergipano e foi o responsável por trazer o primeiro Congresso de Endocrinologia para a Região Nordeste do país. Foi presidente da SBEM Bahia por 11 gestões, duas vezes, presidente do Congresso Brasileiro e presidente da SBEM Nacional nas gestões 1974 a 1976 e de 1996 a 1998.

A notícia deixou a especialidade triste e diversos endocrinologistas mandaram mensagens para homenagear o Dr. Thomaz.

Dra. Alcina Vinhaes

“Uma figura importante na nossa FMB. Foi um mestre generoso na democratização do seu robusto saber médico. Um cidadão ético, muito culto e sempre  disponível para seus alunos e pacientes. Deixa saudades e muitos legados. A SBEM perde um MESTRE, um amigo, um grande homem.”

Dr.  Joaquim Custódio  -

“Sou um agraciado por ter convivido com o Prof. Dr. Thomaz Cruz! Sem dúvida, uma das mentes mais brilhantes que já conheci, o que se estende para além da Medicina. O conheci como estudante de graduação da FMB-UFBA, e pude estreitar mais meu contato quando me tornei Residente de Endocrinologia do serviço por ele chefiado, no Hospital Universitário da UFBA. Pouco tempo depois, tive a grata satisfação de ser convidado por ele para ser seu Tesoureiro, na sua última gestão como presidente da SBEM Bahia (2013-2014), e a imensa honra de tê-lo como vice em meus dois mandatos como presidente da SBEM Bahia (2015-2016 e 2017-2018). Conversei com ele pela última vez há 15 dias, apesar de debilitado demonstrava alegria, sempre muito perspicaz! Deixará muitas saudades como exemplo de dedicação à ciência médica e à história da Medicina!”

Dr. Fábio Trujilho

“Dr. Thomaz foi uma referência para a Endocrinologia, inclusive tendo sido presidente da SBEM Nacional em duas ocasiões. Na Bahia, formou um grande número de endocrinologistas,  admirado por todos e foi um exemplo em como exercer a Endocrinologia com ética e inteligência. Particularmente, apesar de não ter sido formado na Bahia, aprendi muito com seus ensinamentos tanto cientificamente como politicamente. Seus conselhos e apoios foram  cruciais para meu crescimento profissional. Apesar de sabermos que a vida é breve e frágil, esta é uma perda que me abate muito. Um dia triste para a Endocrinologia brasileira.”

Dra. Reine Marie Chaves (chamada por ele de "minha pupila dileta”) -

"A Endocrinologia Baiana está órfã de seu pai! Nós, alunos deste grande mestre estamos todos enlutados. Professor, médico, amigo administrador, empreendedor, ele se destacou em tudo que fez e deixou uma marca importante na vida de cada um que ele acolheu, orientou e incentivou! Agradeço a Deus a oportunidade de tê-lo tido na minha caminhada de vida! E neste momento a minha gratidão se faz eterna! Que a Espiritualidade Superior o conduza à Luz , para que ele continue brilhando de onde estiver e encontre a merecida paz com a certeza de uma missão cumprida entre nós."

Dr. Ricardo Meirelles

“O Thomaz tinha uma oratória invejável e uma cultura enciclopédica, além do extenso conhecimento endocrinológico. Sua esposa, Malu, é exímia pianista (tenho vários cds dela), e lembro de uma ocasião, num restaurante em Paris, onde os garçons cantavam, em que o Thomaz a indicou para tocar, e cantamos muito, juntos. Vai fazer falta.”

EMBE 2019
CBEM 2020