CBSOM - Da Puberdade ao Climatério

relogio 27/05/2011 - 09:48 Notícias

Um dos simpósios do 14º Congresso Brasileiro de Obesidade e Síndrome Metabólica fez um balanço da obesidade associada ao ciclo de vida da mulher.

A Dra. Ana Claudia Latronico iniciou a abordagem na puberdade; passando pelo período de fertilidade com o Dr. José Miguel Marcondes; e fechando com o Dr. Ricardo Meirelles que falou sobre o climatério.

A Dra. Ana Claudia mencionou sobre a secreção de leptina na puberdade, mostrando que existe uma correlação positiva entre a concentração desse hormônio e o IMC. Segundo os dados apresentados pela especialista, 40% das crianças com puberdade precoce central apresentam sobrepeso ou obesidade.

Dra. Ana Claudia dando palestra

Entre os estudos mencionados estava o que avaliou 1.209 mulheres, nascidas em 1946 (UK), que tiveram avaliados, ao longo da vida, o peso ao nascer, medidas de peso e altura. A pesquisa mostrou que meninas com menarca mais cedo poder ter influência no desenvolvimento da obesidade.

A infertilidade ligada à obesidade foi a parte do simpósio abordada pelo Dr. José Miguel Marcondes. O especialista explicou que as pesquisas comprovam que a primeira linha de tratamento da mulher obesa infértil é a redução do peso. Um slide interessante  apresentado pelo especialista e que precisa de reflexão traz uma citação de Hipócrates: “ Pessoas com essa constituição não podem ser férteis. O excesso de gordura e a flacidez são os culpados. O útero é incapaz de receber o semem e elas menstruam infrequentemente e pouco”.

Dr. José Marconde em sua apresentação

O Dr. Marcondes também citou um consenso, quando abordou sobre o que muda no tratamento das pacientes. Trata-se do Consensus on infertility treatment related of PCOD.

Fechando a mesa, o Dr. Ricardo Meirelles falou sobre o período de climatério da mulher.

 

 
 Entre os pontos que o endocrinologista chamou a atenção estava que o coração é o órgão mais agredido na menopausa e obesidade. Resultados de pesquisas mostram que o excesso de peso na mulher aos 30 anos já aumenta o risco de diversas doenças, inclusive o câncer de mama.
 
No gráfico, o Dr. Ricardo apresenta a ligação e as implicações no organismo entre a obesidade no período do climatério.
 
 gráfico sobre obesidade e climatério
 
 
cbaem 2019
Proendocrino set 2018