Comunicado sobre o Risco de Cetoacidose em Usuários de Inibidores do SGLT2

Informações Científicas

Comunicado sobre o Risco de Cetoacidose em Usuários de Inibidores do SGLT2

por site em 15 de abril de 2021


Nesta semana foi feita a notificação da ocorrência de cetoacidose diabética em alguns pacientes,  utilizando medicamentos da classe dos inibidores do SGLT2.

Os médicos da Europa e Estados Unidos foram notificados no dia 09/07/15, por meio de um comunicado único, alinhado entre as 3 empresas que comercializam produtos desta classe (AstraZeneca, Boehringer-Ingelheim e Jansen).

O mesmo comunicado está disponível para os médicos brasileiros a partir de hoje (10/07/15). A Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) disponibiliza para os seus sócios o comunicado na íntegra na área restrita do site da Nacional – www.endocrino.org.br.

Dr. Alexandre Hohl
Presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM)