Combate à Má Prática Médica

relogio 02/04/2020 - 15:30 #SBEMResponde

Enquanto os bons profissionais estão lutando para difundir informação segura, a internet segue sendo invadida por maus profissionais, mas a SBEM alerta que está acompanhando de perto as publicações em redes sociais, para tomar as providências necessárias.

A Dra. Maite Chimeno, corregedora da Comissão de Ética e Defesa Profissional - SBEM 2019-2020, informa sobre os procedimentos que os associados podem tomar para auxiliar no monitoramento de conteúdo antiético.

Monitoramento da Comissão de Ética

Nestes dias de isolamento social imposto pela Covid-19, estamos mais expostos ao conteúdo das mídias sociais. E com algum tempo para auxiliar a CEDP-SBEM no combate a má prática médica, muitas vezes documentada pelo infrator (Código de Ética Médica (CEM), publicado no D.O.U. de 01 de novembro de 2018, Seção I, p. 179 - Resolução do CFM Nº 2.217/2018 - No Capitulo XII - Publicidade Médica) - Acesso neste link

Desde a criação da CEDP-SBEM percebemos a boa vontade de inúmeros associados em nos encaminhar as denúncias de postagens de conteúdo antiético ou mesmo ilegal, que receberam sobre colegas médicos (ou profissionais da área de saúde) em nosso e-mail: etica@endocrino.org.br.

Alguns casos após a denúncia o infrator apaga o conteúdo da mídia e se defende negando o fato. Não sendo possível evitar que a publicidade seja apagada recomendo imprimir as postagens através de um computador, onde apareçam mais detalhes da rede social e data da impressão, para que devem sejam juntadas para acompanhar o pedido de avaliação de infração no CRM ou mesmo em processo civil.

A CEPD-SBEM solicita a todos que enviem as denúncias com os documentos anexados conforme orientação acima, mesmo em se tratando de casos reincidentes (é interessante reforçar denúncias).

Dra. Maite Trojaner Saloña Chimeno
Corregedora da CEDP- SBEM 2019-2020

 

Pro Endocrino setembro 2019
CBEM 2020