Cartilha Esclarece o Uso de Anabolizantes

relogio 27/07/2016 - 21:05 Notícias

O uso de anabolizantes é um assunto amplamente discutido pela SBEM Nacional, há bastante tempo. A preocupação é esclarecer, cada vez mais, sobre o uso inadequado destas substâncias.

Para enfatizar ainda mais o tema, a entidade divulga um folder com informações importantes e essenciais sobre o uso dos anabolizantes. É possível encontrar explicações sobre quando o uso é adequado, enfatizando, sempre, que é necessário ter um acompanhamento médico. Assinala quanto é perigoso o efeito da substância falsificada ou de uso veterinário, além de esclarecer o que é, quais seus efeitos e como o seu uso afeta o comportamento, além de outras informações importantes.

Comissão Parlamentar

Dentro do projeto de esclarecimento à população, em julho, o presidente da SBEM, Dr. Alexandre Hohl, prestou um depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, que investiga a falsificação de medicamentos no estado. O médico comentou sobre o uso indiscriminado de suplementos alimentares e apresentou estudos da União Europeia, mostrando a contaminação desses produtos com medicamentos ou substâncias proibidas.

O presidente da CPI, deputado Dr. Vicente Caropreso (PSDB), enfatizou que o depoimento do presidente da SBEM foi de grande importância para o andamento dos trabalhos.

Segundo o presidente da entidade, a situação é grave. “Essas substâncias devem ser utilizadas apenas com indicação específica para pessoas que têm deficiência de testosterona. Quando consumida por quem tem níveis normais desse hormônio, as consequências tendem a ser devastadoras para a saúde: vão de acne à impotência sexual, infertilidade, entre outros”.

O endocrinologista também frisou a gravidade do uso de anabolizantes para animais. “Estamos cansados de receber pacientes no Hospital Universitário da UFSC que usam essas substâncias. E não há controle nenhum sobre a venda e a comercialização desses produtos”. Dr. Alexandre ainda falou sobre o aumento nos casos de adolescentes usuários destes produtos. “Cada vez mais pessoas com menos de 18 anos vão ao meu consultório, levados pelos pais. Além da maconha, da cocaína, o anabolizante também entra nessa lista de substâncias que os pais encontram nos quartos dos filhos”.

Outro assunto discutido e questionado pelo relator da CPI, deputado Fernando Coruja, indica as academias como o principal local onde é possível ter acesso aos anabolizantes. Dr. Alexandre, com base na sua experiência pessoal, falou que estes locais estão entre os principais onde são encontrados. Já o vice-presidente da comissão, deputado Dalmo Claro (PSD), lembrou que em depoimentos anteriores a informação sobre a presença deste tipo de comércio nas academias era sempre negado.

A SBEM continua fazendo campanha de esclarecimento e conta com a população, imprensa e seus associados para difundirem o folheto. 

cbaem 2019
Proendocrino set 2018