Campanha do Dia Mundial da Obesidade

relogio 04/10/2016 - 17:00 Notícias

11 de outubro é Dia Mundial da Obesidade. A data de conscientização e prevenção foi instituída pela Organização Mundial da Saúde em 1997. Ao longo dos anos, a SBEM e a ABESO promovem ações para alertar à população, incentivar o debate e esclarecer questões importantes sobre o assunto.

O tema escolhido para este ano é “Obesidade: Eu trato com respeito”.  A mobilização, com foco na obesidade infantil, destaca que a estimativa em 2025 no país será em torno de 11,3 milhões crianças com excesso de peso. Mais de 400 mil estarão com pré-diabetes, 150 mil terão diabetes tipo 2, 1 milhão será hipertensa e 1,4 milhão terá esteatose hepática não alcoólica em estágio 1. A campanha enumera também algumas ações do dia a dia que podem contribuir para amenizar a situação.

Um folder informativo foi elaborado pela SBEM e ABESO para a ação. O material está sendo divulgado no site e nas redes sociais das Sociedades e dará suporte a orientação dos profissionais de saúde durante a prevenção.

A presidente da Comissão de Campanhas da SBEM, Dra. Marisa Coral, informou que várias ações estão programadas em Santa Catarina. Mas, enfatizou que as atividades irão se estender em diversas regionais da SBEM.

“A obesidade está se tornando um grande problema de saúde pública no nosso país. Não só a Regional de Santa Catarina, mas as demais Regionais da SBEM promoverão ações de conscientização. Na região catarinense seis cidades estarão envolvidas na mobilização. São elas: Florianópolis, São José, Chapecó, Joinville, Blumenau e Itajaí”, disse.

A endocrinologista destacou ainda que, além de conscientizar e orientar sobre a importância de prevenir a obesidade, estarão disponíveis para a população: serviços de verificação de PA, cintura e IMC; orientações alimentares e distribuição de material educativo em parcerias com os cursos de Medicina da Unochapecó e Univali e com a Liga da Obesidade da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Números da obesidade no mundo

Segundo a OMS, desde 1980 o sobrepeso e obesidade vêm crescendo no mundo. A Organização informou que em 2014 mais de 1,900 milhão adultos com mais de 18 anos estavam acima do peso e, entre esses indivíduos, 600 milhões estavam obesos. Já as crianças menores de 5 anos chegavam a 41 milhões.

infográfico sobre obesidade

Com o avanço dos números, essa questão vem sendo discutida pela OMS e demais entidades com frequência. A Organização, inclusive, conta com uma comissão destinada a buscar a eliminação da obesidade infantil no mundo.

Em 2016, a comissão apresentou seu relatório final com seis recomendações visando frear o crescimento da doença. Foram feitos pedidos às Organizações Não Governamentais para que deem mais visibilidade ao tema e defendam a introdução de melhorias nas questões que envolvem a doença.

Dentre as recomendações estão: promoção do consumo de alimentos saudáveis, incentivo a atividade física, atenção a gestantes, orientação quanto a alimentação e atividade física na primeira infância, saúde, nutrição e atividade física de crianças em idade escolar e controle do peso. A ideia é implementar um plano de ação que sirva de orientação às prevenções futuras.