Vacinação Contra a Gripe

relogio 26/04/2011 - 13:10

Teve início, no dia 25 de abril, a 13ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. A ação acontece desde 1999 e, neste ano, conta com uma novidade: além das pessoas com mais de 60 anos e indígenas, poderão receber a dose crianças de seis meses a dois anos incompletos, gestantes em qualquer período da gravidez e trabalhadores dos serviços de saúde.

A vacina protege contra os três principais vírus que circularam no hemisfério Sul em 2010, entre eles o da influenza A (H1N1). De acordo com o Ministério da Saúde, serão oferecidas 32,7 milhões de doses. A meta é vacinar 80% da população alvo.

No caso das crianças, elas deverão comparecer duas vezes aos postos de vacina, já que receberão apenas meia dose por vez. É importante que a criança retorne ao posto de saúde 30 dias após receber a primeira dose da vacina.

Segundo o Governo Federal, a ampliação do público alvo teve como base estudos sobre o comportamento das infecções respiratórias, já que pneumonias bacterianas ou agravamento de doenças crônicas já existentes (como diabetes e hipertensão), principais complicações da gripe, são mais comuns em pessoas acima dos 60 anos e em crianças com menos de dois anos, além das gestantes e dos indígenas, também vulneráveis.

Para receberem a vacina, as pessoas devem se dirigir ao posto de vacinação mais próximo de sua residência. Não deve tomar a vacina quem tem alergia à proteína do ovo. Pessoas com deficiência na produção de anticorpos, seja por problemas genéticos, deficiência no sistema imunológico (de defesa do organismo) ou tratamento de doenças como câncer e aids, devem consultar o médico antes de tomar a vacina.