Campanha Bomba Tô Fora

relogio 23/10/2018 - 14:12 Campanhas Públicas

A SBEM Nacional procura sempre estar envolvida em campanhas e ações de conscientização para o público. Além das já tradicionais mobilizações que a entidade promove ao longo do ano, a Sociedade e suas Regionais apoiam, também, a Campanha “Bomba Tô Fora”, projeto que alerta para o uso indiscriminado de esteroides anabolizantes.

Um dos idealizadores da campanha, Dr. Clayton Luiz Dornelles, membro da Comissão Temporária para Estudo da Endocrinologia, Exercício e Esporte da SBEM (CTEEE), informa que o uso de esteroides anabolizantes e similares (incluindo GH e insulina) constitui um grave problema mundial de saúde pública. O médico explica que isso se dá visto a sua grande prevalência, os potenciais danos que essas drogas podem causar ao organismo, a faixa etária jovem de usuários e o mercado clandestino envolvido.

O endocrinologista destaca ainda que a utilização desses agentes anabolizantes como doping, dentro do esporte de elite, é bem definida e apresenta regras e programas consistentes de educação, fiscalização e punição em vários países do mundo, inclusive no Brasil. Mas alerta para a abordagem voltada para a população. “O uso disseminado fora do esporte de elite, especialmente por jovens que querem melhorar a aparência física, é alarmante e carece de programas específicos de educação, prevenção, tratamento e reabilitação, especialmente no Brasil.”

O Projeto e o Objetivo

O projeto #BombaTôFora foi criado pelo Núcleo de Endocrinologia do Exercício da Medicina Esportiva da UNIFESP e pela agência Y&R, com o apoio piloto da Universidade de Caxias do Sul. A ideia é abordar o tema de forma ampla envolvendo a ciência, a comunidade e o Estado, buscando reduzir o uso deste tipo de substância. Além disso, esclarecer a população e os usuários e atendê-los adequadamente, dando suporte para sua reabilitação.

Dr. Clayton ressaltou a importância do envolvimento de toda a sociedade médica na questão e destacou a participação da SBEM Nacional na campanha. “A SBEM, junto com outras instituições, está junto nesta causa. Os endocrinologistas são extremamente sensibilizados e preocupados com a má prática de prescrição dessas substâncias de forma não ética e estão engajados na mobilização. Temos ainda o apoio da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte (SBMEE), da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN) e da Sociedade Brasileira de Traumatologia do Esporte (SBRATE). O Conselho Federal de Medicina também deferiu o pedido de apoio. Juntos vamos mostrar que os danos são maiores do que os ganhos”, concluiu o médico.

Divulgação nas Redes Sociais

Informações sobre a mobilização podem ser encontradas no site e nas redes sociais, tanto do projeto quanto da SBEM e suas Regionais. Também é possível fazer o download do material informativo.

Redes: Campanha Bomba Tô Fora:

Redes: SBEM Nacional

Link para download: www.bombatofora.com.br/download

Confira o vídeo da campanha:

cbaem 2019
Proendocrino set 2018