Dia do Endocrinologista

relogio 31/08/2016 - 15:10 datas importantes

Depois de sete anos de trabalho e tentativas, a SBEM consegue espaço para o debate sobre a criação do Dia do Endocrinologista, 1 de setembro. A iniciativa começou em 2009, com o assunto sendo incluído em Oficinas de Trabalho, Assembleias Gerais Ordinárias, reuniões do Conselho Deliberativo, reportagens na Folha da SBEM e no site da entidade.

Depois de diversas tentativas, coordenadas pelo Dr. Ricardo Meirelles, presidente da SBEM Nacional, na ocasião, em 2010, a SBEM dava o primeiro passo, conseguindo que a Deputada Solange Almeida apresentasse o Projeto de Lei 7.836, que criava o Dia Nacional do Endocrinologista.  A data é o dia da fundação da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.

Infelizmente, apesar dos esforços a data não foi aprovada pela Câmara dos Deputados e processo ficou tramitando. A alegação, na época, foi que era necessária uma Audiência Pública, comprovando a importância da data. Infelizmente, depois de tramitar na Câmara, o Projeto foi arquivado.

Em 2015, o atual presidente, Dr. Alexandre Hohl, retomou a proposta e, através do Deputado Jorginho Melo, foi feita a apresentação de um novo projeto, criando o Dia Nacional do Endocrinologista.

O processo caminhou e em documento encaminhado, o presidente da SBEM ressaltou que a valorização dos profissionais da Endocrinologia e Metabologia é de suma importância para a Sociedade Brasileira, diante a alta significação destas Especialidades Médicas.

“Estudos realizados e discutidos em audiências públicas desta Entidade constataram que das duas maiores epidemias do mundo atual, a obesidade e o diabetes mellitus, são da competência do Endocrinologista, portanto, tratá-las representa um enorme benefício, não só para os indivíduos afetados, mas para toda a coletividade, tornando possível ao sistema de saúde canalizar seus recursos para o atendimento de outras doenças. Assim, os membros da SBEM pleiteiam o reconhecimento de uma data para comemoração anual, por meio da criação do dia Nacional do Endocrinologista, a ser comemorada no dia 1 de setembro”.

A solicitação foi encaminhada aos congressistas, para que elaborem proposição legislativa reconhecendo esta data comemorativa. O Dr. Alexandre Hohl finalizou o seu relatório com agradecimento aos membros da diretoria: Dr. João Salles, Dr. Fábio Trujilho, Dr. Guilherme Rollin, Dr. Rodrigo Moreira e Dra. Nina Musolino;  à equipe administrativa: Paola Miranda, Julia Gonçalves, Marilene Lima, Liliam Ribeiro, Jacir Pereira e Roselaine Monteiro (AE&M); ao Dr. Marcelo Bronstein (editor-chefe dos AE&M), co-editores e corpo editorial; aos parceiros: Eduardo Frick, DC Press (Cristina Dissat), Contexto (Elisa Nunes), Assessoria Jurídica (Cleber Marega Perrone); Diretoria das Regionais, Comissões, Departamentos e organizadores dos eventos da SBEM passados e futuros.

Enquanto a definição oficial não acontece, a SBEM parabeniza a todos os endocrinologistas do país e espera poder comemorar em 2016, de forma oficial, o Dia Nacional do Endocrinologista

Primeiro Projeto de Lei

Projeto de Lei - Número de  2010 (da Deputada Solange Almeida) Cria o Dia Nacional do Endocrinologista. O Congresso Nacional decreta: Art. 1º Fica instituído o Dia Nacional do Endocrinologista, a ser comemorado anualmente, no dia 01 de setembro. Art. 2º Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.

Justificativa - Este projeto de lei objetiva criar o Dia Nacional do Endocrinologista, a ser comemorado, anualmente, no dia 01 de setembro.

A Endocrinologia é uma especialidade médica que estuda as desordens do sistema endócrino e suas secreções específicas chamadas hormônios. As principais áreas de atuação do especialista, que é denominado Endocrinologista, são: Tratamento do diabetes, da obesidade, alterações hormonais como desordens da glândula tireóide, alterações do ciclo menstrual e outras doenças relacionadas à falta ou ao excesso de hormônios.

Por notar que as duas maiores epidemias do mundo atual, a obesidade e o diabetes, são da competência do Endocrinologista, tratá–las representa um enorme benefício, não só para os indivíduos afetados, mas para toda a sociedade e, para o sistema de saúde que pode canalizar seus recursos para o atendimento de outras doenças.

Além disso,  no âmbito das atividades do Endocrinologista, existem muitas outras patologias que representam um desafio para os médicos de outras especialidades, como as doenças da tireoide, os distúrbios do crescimento, as alterações menstruais, a osteoporose, o hirsutismo, a menopausa e a andropausa, os transtornos da hipófise, das glândulas supra-renais e das paratireoides.

Os avanços científicos da Endocrinologia são cada vez mais numerosos e o volume de publicações especializadas cresce a cada ano, é provavelmente a especialidade que mais estudo exige de seus seguidores.

Ante o exposto, é de suma importância a aprovação deste projeto, razão pela qual contamos com o apoio dos nobres pares Sala das Sessões, agosto de 2010. Deputada Solange Almeida.

Texto do Novo Requerimento

Também requer a realização de Audiência Pública (da Sra. Carmen Zanotto e Sr. Jorginho Mello)

Senhora Presidente,

Nos termos do art. 255 do Regimento Interno da Câmara dos Deputados, requeiro a Vossa Excelência, ouvido o plenário, a realização de Audiência Pública desta Comissão para discutir a importância de instituir o Dia Nacional do Endocrinologista.

Para tanto, solicitamos que sejam convidados os seguintes participantes: Presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), Dr. Alexandre Hohl; Representante da Associação Nacional de Atenção ao Diabetes; Presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia do Distrito Federal, Dr. Neuton Dornelas Gomes; Dr. Maria Tereza Mariz do Distrito Federal, endocrinologista e metabologista.

Justificativa

Não é de hoje que a endocrinologia vem despertando o interesse de muita gente. Ela é uma das especialidades médicas mais requisitadas atualmente e é de sumaimportância para manter a saúde em dia.

Os médicos endocrinologistas são reconhecidos por cuidarem de doenças como obesidade e diabetes mellitus. No entanto, tratam também da reposição hormonal masculina e feminina (menopausa e hipogonadismo masculino), alterações menstruais, alterações do crescimento e desenvolvimento da criança, distúrbios da puberdade, alterações dos lipídios (colesterol e triglicerideos), alterações do metabolismo ósseo, doenças da tireoide, das adrenais e da hipófise.

Controlar essas doenças é tão importante quanto prevenir, pois elas podem apresentar outros riscos graves à saúde do paciente. Todas as doenças na área da endocrinologia são extremamente delicadas e se não forem bem tratadas levam o paciente a complicações graves.

Os avanços científicos da Endocrinologia são cada vez mais numerosos e o volume de publicações especializadas cresce a cada ano, é provavelmente a especialidade que mais estudo exige de seus seguidores.

Desse modo, a construção de uma cultura de educação envolvendo aprendizagem, definições de políticas públicas, pode ser o caminho para uma prática que estimula mudanças de hábitos, melhoria da qualidade de vida e diminuição da morbimortalidade. (Sala de Reuniões, de maio de 2016).

cbaem 2019
Pro Endocrino setembro 2019