Dia mundial do diabetes 2014
Carregando

Notícias

Sine 2012: Pulsação do GH

“The Metabolic Effects of GH: pulsatility play a role on its actions?” (Efeitos Metabólicos do GH: a pulsatilidade do GH influencia as suas ações?) foi o tema da primeira conferência do último dia do Sine 2012. A apresentação foi feita pelo Dr. Ariel L. Barkan, dos Estados Unidos. 

Através de diversos estudos o especialista falou sobre a secreção do hormônio do crescimento, seu papel no mecanismo do crescimento e o que regula a pulsatilidade do GH. Segundo Dr. Ariel, a geração do pulso ocorre exclusivamente através do GHRH. “Se não houver o GHRH, não há pulso”, afirmou. “Vale lembrar que apensar de gerar o pulso, o GHRH não tem efeito nos níveis interpulsos, mas influencia na amplitude do pulso”, disse. “Já a somastatina não gera pulsação, mas interfere nos níveis interpulsos”, afirmou.

O especialista lembrou que entre as ações do GH estão, além da promoção do crescimento, oo aumento da lipólise, a indução à resistência à insulina e a conservação de proteína, o que, segundo o especialista, ainda é muito questionável. “Efeitos metabólicos acontecem exclusivamente devido a seus estímulo da lipólise”, disse.

Para finalizar sua apresentação, Dr. Ariel chamou a atenção para o fato de que, em humanos, ao contrário do que acontece em ratos, o nível de interpulso do GH é um determinante preferencial da produção do IGF-1. “A argumentação da pulsatibilidade do GH pode ser considerado um salva-vidas durante a fome, enquanto sua supressão na obesidade protege contra a lipemia, diabetes e doença do fígado gorduroso”, afirmou. “É importante lembrar que a modulação seletiva dos parâmetros de pulsatibilidade do GH são cruciais para a regulação do crescimento e alterações metablólicas”, finalizou. 

comments powered by Disqus