cbem2014
Carregando

Perguntas Freqüentes sobre Diabetes (I)

A seguir está disponível uma seleção das mais freqüentes questões sobre diabetes enviadas à Redação SBEM Online. As respostas foram fornecidas pela Dra. Vivian Ellinger, presidente do Departamento de Diabetes da Sociedade e teve, na redação final do texto, contribuição do Dr. Josivan Lima, também membro do Departamento de Diabetes. Se você tem outro questionamento, envie para nós.

Com que periodicidade uma pessoa saudável deve realizar a glicemia para identificar precocemente o diabetes?

A recomendação é de que todo indivíduo realize uma glicemia à partir dos 45 anos de idade. Se o resultado for normal, deverá repeti-lo à cada 3 anos.

Existe alguma explicação da causa do Diabetes Tipo 1, além da hereditariedade?

Nos últimos anos vários estudos tem abordado a causa do Diabetes. Sabe-se que o Diabetes Tipo 1, além da causa hereditária tem um forte componente autoimune. Algumas tentativas de prevenção também já foram feitas, entretanto os resultados não foram bons.

Qual seria o tratamento básico para quem possui hipoglicemia? É possível a cura?

Existem varias causas de hipoglicemia. Em sua maioria existe tratamento, que será específico dependendo da causa. Falar em cura é difícil, principalmente sem saber a causa.

Por que pacientes com hipoglicemia devem evitar o consumo de açúcar, já que hipoglicemia significa baixa de glicose no sangue?

Os pacientes que sofrem de hipoglicemia têm uma resposta exagerada do pâncreas após a ingestão de corboidratos, secretando mais insulina do que seria necessário. Ou seja, são hiperresponsivos. Por isso, estes pacientes devem evitar ingestão de açucares, para evitar a secreção exagerada de insulina. Estas pessoas não precisam se preocupar, pois o organismo é capaz de retirar a glicose que necessita de outras fontes.

A Lantus sem o uso complementar das lispros prandiais pode ofereçer melhor controle glicêmico? Não há risco de hipoglicemia noturna, caso a dose seja a mesma da NPH (Uma vez ao dia), pois não há o "vale" na noite, associado ao longo jejum desse período?

A Lantus sem o uso de Insulinas de ação rápida (seja a Lispro seja a NovoRapid) pode oferecer melhor controle do que a NPH usada uma vez ao dia, principalmente no diabetes tipo 2. Apesar do longo período de jejum da noite, não tem sido observada maior incidência de hipoglicemia noturna, ao contrário, a menor incidência é uma das vantagens.

Frente às mudanças nos textos de bula como a inserção de determinadas frases de advertência, gostaria de saber quais são os sacarídeos (que podem estar presentes em medicamentos) prejudiciais aos diabéticos.

Em resposta ao questionamento sobre a presença de sacarídeo em medicamentos: o aspecto mais importante a ser considerado não é o tipo de sacarídeo e sim a quantidade do mesmo.

(*) Sugerimos que o paciente entre em contato com seu médico, para avaliação de ajuste no seu tratamento para diabetes, dependendo do tempo de tratamento e da doença que motivou o uso do medicamento em questão.
comments powered by Disqus

Saiba Mais