cbem2014
Carregando

Corra que a Obesidade Vem Aí

Foi Dada a Largada

“Corra que a Obesidade Vem Aí”

Com o intuito de incentivar a prática de atividade física para uma melhor qualidade de vida, a SBEM começa – com o incentivo da realização da Maratona do Rio – uma série de reportagens com dicas para quem pretende deixar o sedentarismo de lado. A série se chama: “Corra que a obesidade vem aí”.

O objetivo é ajudar a quem está parado, com informações para iniciar uma atividade; alimentação; alongamento; e tudo mais que for necessário. A proposta também é reativar uma campanha realizada pela SBEM em 2004: “E Você?”, onde foi feita uma pesquisa entre os associados para saber quem praticava algum tipo de atividade física.

Para isso, o site da SBEM ouviu opiniões e sugestões de professores de educação física e médicos, que serão publicadas regularmente no site da SBEM. A Comissão de Comunicação Social avisa, também, que os associados fiquem atentos aos boletins para responder a um pequeno questionário, para saber como anda a agenda da prática de exercícios entre os endocrinologistas.

Maratona do Rio e o Diabetes

Recentemente, o Rio de Janeiro parou para acompanhar a Maratona do Rio. Nem a chuva e o tempo frio na cidade afastou os 21 mil participantes, um record de público em inscrições. O percurso foi de 42 km para a Maratona; 21 km na Meia Maratona; e 6 km na Family Run.



Foi na Family Run onde foi registrado um bom número de pacientes diabéticos. O Diabest e a NewRunner Brasil, com o apoio da Uaderj (União das Associações de Diabéticos do Rio de Janeiro) e da Sociedade Brasileira de Diabetes, que integra um dos Departamentos Científicos da SBEM, entre outras entidades, prestaram suporte gratuito para os portadores de diabetes. A iniciativa foi chamada de Equipe D+.

Durante toda a manhã da Maratona, uma área para orientar e monitorar os pacientes foi montada próximo da largada. Ao longo do percurso também estavam orientadores que estavam atentos para qualquer necessidade dos pacientes diabéticos.

A preparadora física, Esther Pinto, do Diabest, foi uma das promotoras do grupo com diabetes e mencionou a mobilização em torno do evento. No ponto de encontro, pacientes tinham a glicemia monitorada, tinham a possibilidade de fazer alongamento, sem falar no lanche saudável oferecido em uma das tendas. “Ficamos no melhor lugar, bem próximo à linha de chegada, e com isso foi até difícil acomodar todos embaixo das tendas na hora da chuva”, explicou Esther.

Para a Dra. Solange Travassos, da UADERJ e membro da SBD, a Maratona é um incentivo incrível para quem tem vontade de iniciar uma atividade física, mas precisa de motivação. Ela mencionou o ótimo clima que existe em provas assim. “Acompanhamos os índices de glicemia do grupo e os números estavam ótimos”, mencionou a médica.

Veja alguns vídeos da Maratona:

Veja a galeria de fotos:


comments powered by Disqus