CBEM 2016
Carregando

Como está a sua alimentação?

O Ministério da Saúde preparou um informativo chamado “Os 10 Passos Para Uma Alimentação Saudável”, com um teste sobre a alimentação. Os passos podem e devem ser seguidos por toda a família. A recomendação é de que você não deve tentar fazer todos os passos de uma vez e também não precisa seguir a ordem. Escolha aquele que será mais útil para você e procure segui-lo todos os dias. Caso em algum dia você não consiga, não desanime, tente novamente no dia seguinte. Quando sentir que o passo já faz parte da sua rotina, então comece a tentar um outro. São eles:

1) Aumente e varie o consumo de frutas, legumes e verduras. Coma-os 5 vezes por dia. As frutas e as verduras são ricas em vitaminas, minerais e fibras. Coma, pelo menos, quatro colheres de sopa de vegetais (verduras e legumes) duas vezes por dia. Coloque os vegetais no prato do almoço e do jantar. Comece com uma fruta ou uma fatia de fruta no café da manhã e acrescente mais uma nos lanches da manhã e da tarde.

2) Coma feijão pelo menos 1 vez por dia, no mínimo 4 vezes por semana. O feijão é um alimento rico em ferro. Na hora das refeições, coloque uma concha de feijão no seu prato, assim você estará evitando a anemia.

3) Reduza o consumo de alimentos gordurosos, como carnes com gordura aparente, salsicha, mortadela, frituras e salgadinhos, para no máximo uma vez por semana. Retire antes do cozimento a pele do frango, a gordura visível da carne e o couro do peixe. Apesar de o óleo vegetal seu um tipo de gordura mais saudável, tudo em excesso faz mal! O ideal é não usar mais que uma lata de óleo por mês para uma família de quatro pessoas. Prefira os alimentos cozidos ou assados e evite cozinhar com margarina, gordura vegetal ou manteiga.

4) Reduza o consumo de sal e tire o saleiro da mesa. O sal de cozinha é a maior fonte de sódio da nossa alimentação. O sódio é essencial para o funcionamento do nosso corpo, mas o excesso pode levar ao aumento da pressão do sangue, que chamamos de hipertensão. As crianças e os adultos não precisam de mais que uma pitada de sal por dia. Siga estas dicas: não coloque o saleiro na mesa, assim você evita adicionar o sal na comida pronta. Evite temperos prontos, alimentos enlatados, carnes salgadas e embutidos como mortadela, presunto, lingüiça etc. Todos eles têm muito sal.

5) Faça pelo menos três refeições e um lanche por dia. Não pule as refeições. Para lanche e sobremesa prefira frutas. Fazendo todas as refeições, você evita que o estômago fique vazio por muito tempo, diminuindo o risco de ter gastrite e de exagerar na quantidade quando for comer. Evite “beliscar”, isto vai ajudar você a controlar o peso.

6) Reduza o consumo de doces, bolos, biscoitos e outros alimentos ricos em açúcar para no máximo duas vezes por semana.

7) Reduza o consumo de álcool e refrigerantes. Evite o consumo diário. A melhor bebida é a água!

8) Aprecie a sua refeição. Coma devagar. Faça das refeições um ponto de encontro da família. Não se alimente assistindo TV.

9) Mantenha seu peso dentro de limites saudáveis – controle o seu IMC (entre 18,5 e 24,9 kg/m 2). O IMC (Índice de Massa Corporal) mostra se o seu peso está adequado para a sua altura. É calculado dividindo-se o peso, em quilogramas, pela altura, em metros, elevada ao quadrado. Para saber se o seu peso está adequado para a altura, precisamos usar a tabela de classificação abaixo:

 

Valor do IMC Classificação
Menos que 18,5Baixo peso
18,5 a 24,99Normal
25 a 29,99Sobrepeso
Maior que 30Obesidade








Se preferir não fazer conta, você pode calcular seu IMC aqui.

10) Seja ativo. Acumule 30 minutos de atividade física todos os dias. Caminhe pelo seu bairro. Suba as escadas. Não passe muitas horas assistindo TV.